WW International Inc (WW)

  • MyStockIdeas
  • Janeiro 31, 2021

 

 

Principais resultados da análise

 

A WW tem mais de 5 décadas de vida, sendo uma das mais respeitadas empresas norte-americanas no meio da saúde e bem-estar.​​ 

Os seus produtos e serviços focam-se no controlo do peso​​ corporal, estendendo-se a outras áreas, como o fitness e o mindset. A principal fonte de receitas provém de subscrições de serviços digitais e de workshops presenciais.

A WW faz uma abordagem holística única ao controlo de peso, oferecendo um estilo de vida saudável alicerçado numa alimentação saudável, atividade desportiva e num mindset adequado.​​ 

No final do ano fiscal de 2019 a WW servia cerca de 4.2M de subscritores, dos quais 3M eram subscritores digitais. A empresa tinha também 1.3M de subscritores do serviço Studio+Digital, que inclui a realização de workshops presenciais semanais em vários locais do globo.

O valor intrínseco obtido foi de $29.9 por ação, pelo que recomendamos a aquisição de ações​​ pelo​​ valor máximo de $21 por ação (margem de segurança de​​ 30% face ao resultado da nossa avaliação).

Ver análise detalhada

 

PRODUTOS E SERVIÇOS

Os clientes podem participar nos seus programas utilizando somente os produtos digitais ou recorrendo aos produtos digitais complementados por workshops presenciais. Para além das subscrições, a WW​​ disponibiliza também serviços para membros do tipo “pay-as-you-go”.​​ 

As soluções da WW conciliam o corpo e a mente, através de atividade desportiva, hábitos comportamentais e programas nutricionais que são adaptados em função das características dos clientes. Nos workshops e experiências digitais os clientes podem ter acesso a programas de meditação e de mindfulness para ajudar a criar o mindset que sustentará o novo estilo de vida.​​ 

A WW tem também uma plataforma social, onde os utilizadores partilham as suas dietas, as práticas desportivas, hobbies, e muitas outras atividades numa comunidade digital.

Para além dos serviços digitais e workshps, a WW vende diversos produtos como barras, snacks, livros de culinária, artigos de cozinha, entre outros produtos relacionados com a nutrição.

Os serviços da empresa servem uma gama alargada de clientes, desde os mais desportivos aos que procuram por programas de autoajuda.

 

ESTRATÉGIA DE CRESCIMENTO

A empresa tem conseguido renovar as suas principais plataformas numa base bienal. Geralmente assiste-se a um aumento do número de subscritores sempre que a WW lança um novo plataforma. A mais recente plataforma foi lançada em novembro de 2019.​​ 

A WW recorre a vários meios de comunicação para promover os seus produtos e​​ serviços, que incluem o Broadcast, o email, plataformas sociais como o Facebook, Instagram e Twitter, entre outras. A WW recorre também a embaixadores da marca, influenciadores ou outras personalidades importantes para ajudar a promover a marca.

Em outubro​​ de 2015 a WW estabeleceu uma parceria estratégica com Oprah Winfrey, que passou assim a contribuir para a promoção da empresa e dos seus programas, produtos e serviços. ​​ Mas Oprah é mais que uma estratégia de marketing. Oprah tem atualmente mais de 10% de​​ ações da empresa e está também apontada para um cargo de direção. O seu poder e influência dentro e fora da WW poderão ser uma importante alavanca de crescimento.

 

VANTAGEM COMPETITIVA

Existe um conjunto diversificado de empresas e produtos a​​ concorrer na área da saúde e bem-estar, nomeadamente empresas de venda de produtos alimentares, produtos farmacêuticos, empresas de fitness, clínicas de cirurgias plásticas, entre outros.

 

A WW não apresenta uma vantagem competitiva clara. No​​ entanto, a conjugação dos seus serviços oferece, na nossa opinião, um produto único no mercado, que alia atividade física com nutrição e mindset. Os produtos e serviços da WW transmitem um interesse genuíno na melhoria do estilo de vida dos seus clientes,​​ o que é um ativo inatingível que não se encontra facilmente no mercado.​​ 

MANAGEMENT

A WW é liderada por uma mulher, Mindy Grossman, que assume o cargo de CEO desde 2017. Grossman já tinha exercido outros cargos de liderança antes de ingressar na empresa. Destaca-se a sua passagem pela​​ Home Shopping Network​​ e pela​​ National Retail Federation, onde liderou o processo de transformação de um comércio tradicional para o comércio digital.

Grossman tem-se esforçado por atrair uma nova clientela, posicionando a WW como uma marca de lifestyle focada numa abordagem holística à saúde e bem-estar. Alguns exemplos disso são a criação de programas destinados a adolescentes, maior abertura na utilização da plataforma para não-membros e a criação de parcerias com outras entidades como a Amazon Halo por exemplo (pulseira de fitness da Amazon, que regista e analisa dados de saúde pessoais).

 

SITUAÇÃO FINANCEIRA

A WW viu o seu volume de receitas diminuir consideravelmente desde 2011 até 2015. A empresa voltou a apresentar crescimento desde essa data, mas sem conseguir recuperar para os níveis de 2011. A tendência de crescimento mais recente está relacionada, na nossa opinião, com a estratégia de marketing implementada, nomeadamente a parceria estabelecida com a​​ Oprah Winfrey, assim como o lançamento sistemático de novas plataformas.

Embora o negócio tenha sido afetado pela pandemia (o segmento de workshops presenciais foi o mais afetado), a empresa revelou bastante resiliência nas receitas (coluna de TTM nos gráficos em anexo). No​​ entanto, a WW disponibiliza um serviço do tipo discricionário, que fica potencialmente mais vulnerável em períodos de receção económica. O elevado nível de envidamento que a WW apresenta é um fator negativo, ainda que a empresa deduza uma porção importante​​ da dívida anualmente.

Os resultados da empresa apresentam uma corelação muito forte com o volume de vendas. Isto significa que a empresa está alavancada operacionalmente. A alavancagem operacional pode ser uma vantagem num cenário de crescimento (um crescimento das receitas traduz-se num crescimento ainda maior dos lucros), mas também uma desvantagem num cenário de decrescimento (uma diminuição das receitas traduz-se numa diminuição ainda maior dos lucros).