Smith Micro Software (SMSI)

  • MyStockIdeas
  • Setembro 3, 2020

 

 

Principais resultados da análise

 

A Smith Micro Software (SMSI) foi uma das poucas empresas a apresentar um crescimento das receitas no último trimestre deste ano. Além disso, apresentou um resultado operacional robusto​​ quando comparado com o preço das suas ações, o que nos levou a querer analisar a empresa mais aprofundadamente.

Depois de analisada ao detalhe, parece que estamos perante uma empresa subvalorizada. Chegamos a um valor intrínseco de $5.6 por ação, quando as​​ ações estavam a ser vendidas a $3.9 à data desta análise (02 de setembro de 2019). Esta diferença representa uma margem de segurança de 31%.

Mas existem alguns sinais de alerta, que atribuem um elevado risco a este investimento, nomeadamente:​​ 

● Há um número considerável de ações por emitir ao abrigo de garantias ainda por exercer - isso provocará uma diluição da posição atual dos acionistas;​​ 

● Grande parte das suas receitas provêm de um único cliente, a Sprint. Esta empresa fundiu-se com a T-Mobile em abril deste ano e ainda não se sabe qual será o impacto desta fusão nas receitas da SMSI;​​ 

● A SMSI apenas registou lucros em 2019, depois de 8 anos a registar prejuízos.

Leia a nossa análise com atenção e decida por si se vale a pena investir.

Ver análise detalhada

Empresa

A SMSI produz soluções de Software (SW) para empresas que operam no setor de telecomunicações, que por sua vez revendem os produtos para os seus clientes. O negócio está focado no wireless.​​ 

A SMSI tem como principais​​ compromissos melhorar a experiência digital das famílias e das empresas do setor das telecomunicações, disponibilizando várias soluções:

- A aplicação​​ SafePath​​ oferece uma experiência digital para toda a família, localizando todos os dispositivos móveis, gerindo os conteúdos acedidos e os tempos de utilização. Com esta app a empresa pretende ajudar os pais e familiares a gerir a utilização dos dispositivos, num mundo em que a média de idades dos utilizadores de smartphones é cada vez menor.​​ 

- O​​ CommSuite, disponibiliza um serviço de​​ voicemail​​ “next generation”, que permite aos utilizadores gerir o​​ voicemail​​ de forma semelhante aos emails ou SMS. Esta app oferece a possibilidade imediata de responder, reencaminhar ou partilhar as mensagens noutros meios de comunicação. A aplicação faz também a tradução da mensagem de voz para texto, em várias línguas. No final de 2019, esta app estava presente em mais de 18 M dispositivos móveis.

- O​​ ViewSpot​​ é um produto novo, especialmente destinado aos locais de​​ venda de telemóveis e tablets. Esta aplicação disponibiliza ferramentas iterativas, que visam facilitar o contacto do cliente com o dispositivo, de forma a que o cliente possa conhecer as características do equipamento de uma forma segura e iterativa. Esta​​ app oferece também importantes informações analíticas aos vendedores, permitindo-lhes rastrear os interesses dos seus clientes.

 

 

O ano de 2019 foi excecional para a SMSI. As receitas registaram um crescimento de 65% face ao ano anterior, em grande parte devido ao sucesso do Software​​ SafePath, a app de controlo parental que é direcionada para os equipamentos móveis. O volume de receitas não se deverá ficar por aqui, já que as vendas do​​ SafePath​​ apresentam boas perspetivas de crescimento.

 

A​​ maior parte das receitas dependem de um único cliente, a Sprint, que representou 84% do total de receitas de 2019. Isso significa que a SMSI está muito dependente deste único cliente, o que acarreta algumas desvantagens, como seja condicionar uma eventual​​ subida do preço dos seus produtos.​​ 

Em abril deste ano a Sprint fundiu com a​​ Deutsche Telekom / T-Mobile, tornando a​​ T-Mobile​​ numa das principais empresas de telecomunicações a operar nos EUA. Alguns analistas defendem que o controle da​​ T-Mobile​​ representa​​ um risco para o relacionamento da SMSI com a Sprint. Outros consideram que isso poderá revelar-se uma grande oportunidade para a SMSI.​​ 

Em 13 de fevereiro de 2020, a Smith Micro comprou os ativos, códigos e contratos de clientes da empresa​​ Circle Labs​​ por​​ $ 13,5 M. A​​ Circle Labs​​ é o atual fornecedor do aplicativo familiar da T-mobile, uma aplicação semelhante ao​​ SafePath. Esta compra deverá aumentar a probabilidade da SMSI vender o​​ SafePath​​ à​​ T-Mobile, por dois motivos: primeiro, porque a SMSI passou a estar nos dois lados da fusão (Sprtint e T-Mobile); segundo, porque o código do​​ Circle Labs​​ tem o potencial de melhorar o SafePath, tornado a ferramenta mais competitiva.​​ 

As implicações da T-Mobile não adotar o​​ SafePath​​ são potencialmente grandes, tendo em conta a contribuição que este produto representa para o Resultado Operacional da SMSI (ver imagem seguinte). Mas aparentemente a SMSI tem feito tudo o que está ao seu alcance para não deixar cair esta oportunidade.

 

 

Indústria

A indústria do wireless representa todos os equipamentos eletrónicos que comunicam por wireless. Isso inclui smartphones, redes de internet móveis, WiFi, contadores inteligentes (como os da eletricidade), navegação por satélite, dispositivos domésticos inteligentes, entre outros.​​ 

É​​ uma indústria em constante evolução, repleta de novas oportunidades, que vão sendo renovadas à medida que os operadores aumentam a capacidade das suas infraestruturas e a velocidade das comunicações.​​ 

A crescente importância do papel dos telemóveis na sociedade e a crescente procura dos serviços de wireless para troca de informação, são os grandes​​ drivers​​ do mercado global de wireless.​​ 

A indústria do wireless e telecomunicações está nas vésperas de sofrer uma grande transformação com a entrada do 5G. Um dos adventos mais esperados é a internet das coisas (IOT) e a forma como os dispositivos se relacionarão entre si. Atualmente existem já diversas soluções direcionadas para a internet das coisas, que exploram a interatividade de alguns objetos como computadores, tablets, smartphones, smartwatches, dispositivos inteligentes domésticos, entre outros.​​ 

Através da relação com os seus clientes, a SMSI parece manter um grau de proximidade elevado com a indústria de hardware, o que lhes permite antecipar as mudanças​​ na tecnologia e a acompanhar as novas necessidades dos clientes. As aplicações da SMSI são exemplo do bom aproveitamento que a empresa faz da relação entre objetos (IOT). Mas o 5G irá certamente apresentar grandes desafios ao setor, incluindo à SMSI.

 

Vantagem competitiva

A Smith Micro não apresenta nenhuma vantagem competitiva evidente. No entanto, a SMSI parece destacar-se no pequeno nicho das apps familiares, ainda mais agora que adquiriu os ativos da​​ Circle Labs. Isto significa que existe​​ know-how na empresa, o que poderá ser uma vantagem face aos seus concorrentes.

 

Management

Bill Smith, o atual CEO, é cofundador da SMSI e acumula as funções de​​ chairman​​ e de presidente executivo da empresa desde a sua fundação em 1982.​​ 

O papel do​​ chaiman​​ é fiscalizar o trabalho efetuado pelo quadro de executivos (CEO, COO, etc.) em prol dos interesses dos acionistas. Mas no caso da SMSI isso não acontece, porque Bill Smith é chairman e CEO simultaneamente.

A empresa não tem distribuído dividendos nem recomprado ações ao longo dos anos, ou seja, não se conhecem políticas que tenham retornado capital aos acionistas. Antes pelo contrário, nos últimos 2 anos o número de ações disponíveis no mercado disparou, diluindo a posição dos acionistas (ver imagem​​ seguinte).

O aumento do número de ações verificado em 2019 é resultado, em parte, da emissão de 2.7M de ações destinadas a financiar a aquisição da plataforma​​ ViewSpot. O aumento do número de ações é resultado, também, da emissão de 5.3M de ações relacionadas com o exercício de garantias (warrants), que renderam à empresa $11.5M. Segundo as nossas contas, faltavam emitir ainda cerca de 6M de ações de garantias no final de 2019.​​ 

Mas isto não é tudo. No Relatório & Contas de 2019 a SMSI referiu que tinha​​ ainda 4.6M de ações por emitir no âmbito do seu plano de compensações de colaboradores e consultores. Ora isso faz com que o número total de ações por emitir ultrapasse provavelmente os 10M, o​​ que representa um potencial de crescimento de 30% do número total de ações que poderão ficar disponíveis no mercado, face ao número registado no final de 2019.

Em suma, os investidores têm sido a fonte principal de financiamento da empresa.

 

Situação financeira

Toda esta injeção de capital melhorou claramente a situação financeira da empresa. Atualmente, a SMSI apresenta valores robustos tanto a nível de liquidez como de solvência. Por outro lado, o seu endividamento é bastante reduzido, apresentando um​​ debt-to-equity ratio​​ de 0.1 (ver imagens seguintes).​​