CORTICEIRA AMORIM SGPS SA (COR)

  • MyStockIdeas
  • Dezembro 31, 2019

Principais resultados da análise

Os três fatores que mais influenciam os resultados da Corticeira Amorim são o preço da cortiça, a evolução do mercado dos Vinhos e o efeito cambial do USD.

Desde o final de 2018 que o USD tem vindo a apresentar uma trajetória de valorização. Adicionalmente, verificou-se uma descida do preço da cortiça Amadia no primeiro semestre de 2019 em comparação com o período homólogo do ano anterior. O somatório dos dois efeitos deverão ter um impacto positivo nos resultados de 2019.

A longo prazo, as perspetivas de crescimento mundial da indústria da cortiça não parecem ser muito animadoras, à semelhança da indústria dos vinhos.

Embora a Corticeira Amorim goze aparentemente de uma vantagem competitiva, julgamos que dificilmente poderá melhorar a sua margem operacional, uma vez que já se encontra muito acima da média da indústria.

A relação das vendas com o capital investido deverá manter-se constante ao longo dos próximos anos. A dívida poderá aumentar um pouco, beneficiando das condições de solvabilidade acima da média de que a empresa goza.

Estamos perante uma empresa com uma marca muito forte, líder na sua indústria e que deverá manter-se nesta posição durante muitos anos. Espera-se assim que a empresa continue a crescer de forma sustentável, ainda que a um ritmo inferior ao verificado nos últimos anos.

O valor intrínseco por ação resultante é de 8.12 €.

Ver análise detalhada

Descrição da empresa

A Corticeira Amorim é uma instituição de referência mundial na área de​​ produção de rolhas de cortiça, destacando-se também noutras áreas. A empresa tem contribuído decisivamente para a divulgação mundial da cortiça, investindo significativamente em I&D​​ e apresentando produtos inovadores. A cortiça está hoje presente em vários setores, como o vinho, a construção, indústrias aeronáutica e aeroespacial,​​ indústria​​ da moda, do desporto, entre outras, usufruindo de um novo posicionamento internacional​​ associado a produtos nacionais de qualidade e confundindo-se com​​ o nome da​​ própria Corticeira Amorim. A instituição tem, por conseguinte, uma marca muito forte, conferindo-lhe​​ uma grande competitividade.​​ 

As empresas que integram a Corticeira Amorim estão estruturadas por Unidades de Negócio (UN), sendo elas a Unidade de Matérias-Primas,​​ a Unidade de Rolhas, a UN Revestimentos, a UN Aglomerados Compósitos​​ e​​ a UN Isolamentos.

A​​ UN de Matérias-Primas​​ assegura a​​ gestão da matéria-prima, desenvolvendo e potenciando a extração e aquisição de cortiça e assegurando o stock necessário às solicitações da produção. Até 2018 a Corticeira Amorim não foi detentora de floresta, mas​​ manteve e​​ mantém uma relação muito próxima com os produtores de cortiça.​​ No​​ ano 2018​​ a​​ empresa​​ realizou​​ o seu primeiro investimento em propriedade florestal, o que poderá significar​​ que a estratégia da empresa passará também pela​​ extração própria de cortiça.​​ 

A​​ Unidade de Rolhas​​ confere à Corticeira o estatuto de maior produtor e fornecedor de rolhas de cortiça a nível mundial, para o qual contribuiu​​ a longevidade da empresa, mas também a sua aposta na inovação.​​ 

A UN de revestimentos é líder mundial na produção e distribuição de pavimentos e decorativos de parede com incorporação de cortiça. Os seus produtos destacam-se pela qualidade e inovação.

A UN Aglomerados Compósitos é a unidade mais tecnológica do universo da empresa, reutilizando a cortiça não utilizada pela indústria de rolhas e aplicando-a nas mais diversas áreas, num modelo exemplar de economia circular. Produzem materiais de alta qualidade destinado à indústria aeroespacial, automóvel, construção, calçado, etc. Aqui são desenvolvidos, por exemplo,​​ os materiais de proteção das naves espaciais da NASA e da ESA, que protegem a estrutura do veículo espacial dos efeitos do ambiente térmico. A partir da cortiça são criadas novas fórmulas e novas soluções que, combinadas com diferentes materiais, garantem o melhor desempenho do produto final.​​ 

A UN isolamentos dedica-se à produção de aglomerados de cortiça que conferem isolamento acústico e térmico​​ com alto desempenho técnico.​​ Para além de ser um produto 100% natural, os isolamentos da Corticeira Amorim destacam-se dos outros produtos no seu ciclo de vida, apresentando uma durabilidade praticamente ilimitada e mantendo as suas características ao longo da sua vida útil.

Situação financeira

O ano de 2018 ficou marcado por um crescimento de vendas acima da média do mercado, influenciado pelo efeito da consolidação das empresas adquiridas em 2017 e 2018​​ e por um forte incremento do preço da​​ matéria-prima.​​ O resultado do ano foi também influenciado negativamente pela evolução cambial, que teve um impacto de 9.4 M€ em 2018.

Todas as UN registaram subidas interessantes das vendas, com a exceção da UN revestimentos que registou uma descida de 7.7%. Na subida destacam-se a UN de Matérias-Primas com um crescimento de 19.5% (que vende essencialmente para dentro do grupo) e​​ a​​ UN de Rolhas que subiu​​ 11,5%,​​ refletindo a consolidação das empresas adquiridas. Estes crescimentos teriam sido mais expressivos​​ caso não​​ tivessem sido afetados pela desvalorização​​ do USD.​​ Na imagem seguinte pode-se observar o peso relativo das vendas de cada UN no total do grupo.

Figura​​ 1​​ ​​ peso relativo das vendas de cada UN

 

Em termos geográficos, o​​ principal destino de vendas é a Europa​​ com 62.3%, seguindo-se os EUA​​ com 16.8%,​​ o que explica a​​ correlação dos resultados da empresa com a cotação do USD.